Fale Conosco
  • location_on

    Rua amadeu roldan, 637

Deixe sua Mensagem






    Você prefere ser atendido por email ou whatsapp?

    Seus dados serão utilizados exclusivamente para análise previdenciária. Não repassaremos as informações a terceiros e nos comprometemos a não enviar Spam.

    Será que você poderá se aposentar por idade em 2022?

    141 Macedo - Escritório de Advocacia em São Paulo - SP | Macedo Advocacia - Será que você poderá se aposentar por idade em 2022?

    Entenda qual é a idade mínima para receber a aposentadoria do INSS, este ano.

    Dentre os diversos benefícios intermediados pelo INSS (Instituto Nacional do Seguro Social), está a aposentadoria da previdência social. O provento em questão, possui diferentes categorias, entretanto, as mais conhecidas pelo público, são as aposentadorias por idade ou por tempo de contribuição.

    Tais modalidades sofreram algumas mudanças mediante o vigor da Reforma da Previdência, 13 de novembro de 2019. Enquanto, a aposentadoria por tempo de contribuição foi extinta, a regra de concessão por idade, ganhou uma alteração no seu critério básico (idade mínima para se aposentar).

    Nesta linha, o texto da reforma determinou que mulheres somente conseguirão se aposentar a partir dos 62 anos, quanto aos homens, nada mudou, visto que a idade mínima permanece de 65 anos. O tempo de contribuição, para ambos, continua o mesmo, sendo o mínimo de 15 anos de recolhimento junto ao INSS.

    Por sua vez, no intuito de não prejudicar as seguradas que estavam relativamente próximas de ganhar o direito à aposentadoria, a reforma estabeleceu as chamadas regras de transição. No caso da norma por idade, foi determinado um aumento progressivo de 6 meses a cada ano, na idade da segurada, até chegar a faixa etária prevista na previdência (62 anos).

    Requisitos para se aposentar por idade em 2022

    Conforme a regra de transição da reforma, em 2021, mulheres precisavam de possuir 61 anos para se aposentar, logo, em 2022, será necessário ter, ao menos, 61 anos e 6 meses. A partir de 2023, a idade mínima da segurada será fixa em 62 anos.

    Sendo assim, em resumo, a aposentadoria por idade, em 2022, poderá ser solicitada mediante ao atendimento dos seguintes critérios:

    • No caso de mulheres: possuir 61 anos + 6 meses de idade, mais os 15 anos de recolhimento junto a Previdência Social (180 contribuições mensais);
    • No caso dos homens: possuir os 65 anos de idade, já determinados, mais os 15 anos de recolhimento junto a Previdência Social.

    Vale ressaltar, para homens que passaram a contribuir com a previdência após o vigor da reforma (a partir de 13 de novembro de 2019), deverão ter no mínimo 20 anos de tempo de contribuição.

    Importante! Segurados com o direito adquirido 

    Sobre este tema, cabe destacar que segurados que atenderam as normas da previdência, antes da reforma passar a vigorar, podem se aposentar conforme os antigos critérios exigidos. Isto ocorre, pois, este grupo possui o chamado Direito Adquirido.

    Neste sentido, o referido direito é aquele que você conquistou antes da mudança da lei, ou seja, se você já havia atendido aos antigos critérios da aposentadoria, serão por esses critérios que você receberá o benefício.

    De todo modo, podem se aposentar pelas normas em vigor antes da reforma, quem atendeu aos seguintes requisitos, até 12 de novembro de 2019.

    • No caso de mulheres: possuir 60 anos de idade + 15 anos de contribuição;
    • No caso dos homens: possuir 65 anos de idade + 15 anos de contribuição.

    Valor da aposentadoria

    A base de cálculo da aposentadoria também foi alterada, antes da reforma, o valor do benefício era igual a 70% da média dos seus maiores salários + 1% para cada ano de contribuição que ultrapassasse o mínimo (15 anos). Cabe salientar que este cálculo ainda é aplicado para quem possui o Direito Adquirido.

    Após a reforma, o valor do benefício será determinado pelo seguinte cálculo: 60% da média de todos os seus salários + 2% para cada ano que ultrapassar, o mínimo de 20 anos para homens e 15 anos para as mulheres.

    Confira abaixo o percentual da aposentadoria que será aplicado, conforme o tempo de contribuição do segurado:

    No caso de mulheres e homens que já realizavam contribuições, antes da reforma

    • 15 anos de contribuição: 60% da média de todos os salários;
    • 16 anos de contribuição: 62% da média de todos os salários;
    • 17 anos de contribuição: 64% da média de todos os salários;
    • 18 anos de contribuição: 66% da média de todos os salários;
    • 19 anos de contribuição: 68% da média de todos os salários;
    • 20 anos de contribuição: 70% da média de todos os salários;
    • 21 anos de contribuição: 72% da média de todos os salários;
    • 22 anos de contribuição: 74% da média de todos os salários;
    • 23 anos de contribuição: 76% da média de todos os salários;
    • 24 anos de contribuição: 78% da média de todos os salários;
    • 25 anos de contribuição: 80% da média de todos os salários;
    • 26 anos de contribuição: 82% da média de todos os salários;
    • E assim em diante.

    No caso de homens que passaram a contribuir, após a reforma 

    • 20 anos de contribuição: 60% da média de todos os salários;
    • 21 anos de contribuição: 62% da média de todos os salários;
    • 22 anos de contribuição: 64% da média de todos os salários;
    • 23 anos de contribuição: 66% da média de todos os salários;
    • 24 anos de contribuição: 68% da média de todos os salários;
    • 25 anos de contribuição: 70% da média de todos os salários;
    • 26 anos de contribuição: 72% da média de todos os salários;
    • 27 anos de contribuição: 74% da média de todos os salários;
    • 28 anos de contribuição: 76% da média de todos os salários;
    • 29 anos de contribuição: 78% da média de todos os salários;
    • 30 anos de contribuição: 80% da média de todos os salários;
    • 31 anos de contribuição: 82% da média de todos os salários;
    • E assim em diante.

    Fonte: Jornal Contábil

    PRESSIONE AQUI AGORA MESMO E FALE JÁ CONOSCO PARA MAIS INFORMAÇÕES!

    Se você precisa de serviço relacionado ao artigo ou necessita de maiores informações sobre o assunto, conte conosco, da Macedo Advocacia.

    Contamos com profissionais que possuem grande experiência e conhecimento no direito previdenciário, tanto na esfera judicial, como, também, no âmbito administrativo.

    Entre em contato conosco utilizando as informações disponibilizadas em nosso website; caso prefira, você pode utilizar a ferramenta de chat do WhatsApp, ela fica localizada no canto inferior direito.

    Estamos apenas te esperando.

    PRESSIONE AQUI AGORA MESMO E FALE JÁ CONOSCO PARA MAIS INFORMAÇÕES!

    Rate this post

    Marcadores:

    Então vamos ao próximo passo e realizar uma análise do seu caso?

    Preencha o formulário e saiba como garantir seus direitos.





      captcha

      Comentários

      0 0 votes
      Article Rating
      Subscribe
      Notify of
      guest

      0 Comentários
      Inline Feedbacks
      View all comments

      Endereço:

      UNIDADE:
      Av.Marquês de São Vicente 230,
      18° andar - Barra Funda - São Paulo
      Cep: 01139-000

      Telefone:

      (11) 4706-4739

      E-mail

      contato@macedoassessoria.adv.br

      Macedo Assessoria Jurídica | TODOS OS DIREITOS RESERVADOS

      Powered by: Grupo DPG