Fale Conosco
  • location_on

    Rua amadeu roldan, 637

Deixe sua Mensagem






Você prefere ser atendido por email ou whatsapp?

Seus dados serão utilizados exclusivamente para análise previdenciária. Não repassaremos as informações a terceiros e nos comprometemos a não enviar Spam.

Pandemia faz aumentar busca por elaboração de testamentos

pandemia-faz-aumentar-busca-por-elaboracao-de-testamentos - Pandemia faz aumentar busca por elaboração de testamentos

A COVID-19 é mortal e, até agora, não há nenhuma vacina ou medicamento que possa evitar mortes. Aliás, o número de óbitos da doença tem crescido cada vez mais, o que levou a uma alta considerável na demanda por testamentos.

A maior parte desse público é constituída por idosos, sendo a idade média das vítimas de 72 anos. Com a realização de testamentos, esse público pode ficar tranquilo no que concerne ao cumprimento de suas vontades após a morte.

Com o intuito de falar mais sobre o assunto, explicamos a alta demanda pela atualização e formulação de testamentos durante a pandemia do novo Coronavírus. Mostramos, ainda como está sendo feito o atendimento a essa demanda. Veja!

O aumento da emissão de testamentos durante a pandemia de Coronavírus

A inexistência de vacinas e remédios para combater e evitar os falecimentos por conta da COVID-19 gerou muito medo na população, em especial entre os idosos.

E foi justamente a preocupação em torno dessa doença que levou a um crescimento do número de elaborações de testamentos.

Para que se tenha uma ideia, somente no Paraná, a quantidade de solicitações do documento cresceu 70% desde o dia 16 de março.

No entanto, não são apenas os idosos ou pessoas com doenças crônicas que estão procurando por esse serviço.

Muitas pessoas que não se encontram em grupos de risco também estão solicitando testamentos.

Há, por exemplo, casos de profissionais de saúde jovens e sem comorbidades que têm procurado por esse serviço.

De fato, muitos médicos e enfermeiros têm relatado em suas redes sociais que fizeram testamentos para se resguardar.

Infelizmente, a crise deve se agravar nos próximos dias, o que pode gerar um aumento cada vez maior da demanda por esse documento.

Utilizando novamente o exemplo do Paraná, advogados especialistas no assunto estimam que os números de solicitações de testamentos possam aumentar em até 40%.

Mas, afinal, qual a real importância desse documento? Por que ele se torna tão procurado em momentos de grande incerteza, como o que vivemos? Responderemos a essas perguntas no próximo tópico. Acompanhe!

A importância do testamento em tempos de Coronavírus

Para quem deseja garantir o cumprimento de seu planejamento sucessório, o testamento é fundamental.

A seguir, listamos algumas razões que reforçam a importância desse documento, principalmente durante a pandemia de Coronavírus.

Alteração da ordem hereditária

Um testamento é imprescindível para pessoas que desejam dispor seus bens sem atender à vocação hereditária.

De fato, nos casos em que não há testamentos, a Justiça presume que a pessoa falecida está de acordo com a repartição dos bens entre seu companheiro e herdeiros, tal como prevê a legislação brasileira.

Mais segurança para os filhos

Ademais, a realização de um testamento é fundamental não somente para garantir a familiares ou pessoas próximas o direito a bens e valores.

Testamentos podem servir também para nomear tutores para os filhos incapazes. É possível também reconhecer filhos, de maneira a proporcionar a eles uma parte do patrimônio.

A realização do inventário

Conforme já observamos, o testamento é realmente importante para que se possa garantir a efetivação do planejamento sucessório. No entanto, esse documento não necessariamente dispensa a realização de um inventário.

Isso significa dizer também que a partilha dos bens do falecido não pode ser feita sem um levantamento criterioso desse mesmo patrimônio.

Como solicitar um testamento respeitando o isolamento social?

Depois de confirmada a transmissão comunitária do vírus, os cartórios passaram a adaptar o oferecimento de seus serviços às medidas de proteção contra o novo Coronavírus.

Nesse contexto, o atendimento para resolução de dúvidas e prestação de esclarecimentos sobre a emissão de testamentos deve ser feito por telefone ou WhatsApp.

Em alguns cartórios, o atendimento presencial a pessoas que se enquadram nos grupos de risco está sendo realizado em horários marcados previamente, em locais específicos em que não haja aglomerações e respeitando o distanciamento.

Outras medidas tomadas pelos cartórios para evitar o contágio de colaboradores e clientes é a utilização de álcool em gel no estabelecimento. Alguns cartórios recomendam a seus clientes que tragam suas canetas de casa.

Já os estabelecimentos que contam com estacionamentos privativos permitem que os idosos assinem o documento sem a necessidade de sair do veículo, evitando a exposição desse público ao vírus.

Testamento: mais segurança para a família, mas tranquilidade para você

Como você mesmo pôde perceber ao ler esse artigo, esse documento pode assegurar que a sucessão patrimonial seja realizada de acordo com a sua vontade, evitando também disputas entre herdeiros e outros problemas.

Em tempos de pandemia, o testamento se torna ainda mais importante, haja vista o grande número de óbitos causado pela COVID-19.

E você, pensa em solicitar um testamento? Qual seria a sua dúvida no que diz respeito à realização de testamentos? Deixe seu comentário!

Fonte: Jornal Contábil

Marcadores:

Então vamos ao próximo passo e realizar uma análise do seu caso?

Preencha o formulário e saiba como garantir seus direitos.





captcha

Comentários

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of

Endereço:

UNIDADE:
Av.Marquês de São Vicente 230,
18° andar - Barra Funda - São Paulo
Cep: 01139-000

Telefone:

(11) 4706-4739

E-mail

contato@macedoassessoria.adv.br

Macedo Assessoria Jurídica | TODOS OS DIREITOS RESERVADOS

Powered by: Grupo DPG