Fale Conosco
  • location_on

    Rua amadeu roldan, 637

Deixe sua Mensagem






Você prefere ser atendido por email ou whatsapp?

Seus dados serão utilizados exclusivamente para análise previdenciária. Não repassaremos as informações a terceiros e nos comprometemos a não enviar Spam.

[FRAUDE] Cuidado com o que recebe! Entenda como identificar boletos falsos!

Fraude Cuidado Com O Que Recebe Entenda Como Identificar Boletos Falsos - Escritório de Advocacia em São Paulo - SP | Macedo Advocacia - [FRAUDE] Cuidado com o que recebe!  Entenda como identificar boletos falsos!

Como identificar se um boleto é verdadeiro ou falso?

Entenda como não cair em golpes com boletos fraudados.

Atualmente, o Banco Central exige que todos os boletos sejam registrados. Então, todos precisam passar pelo processo de registro, pois não é possível realizar o pagamento de um boleto que não passou por esse processo.

Com o registro, o boleto é associado a informações como como o nome e o CPF ou CNPJ do beneficiário. Consultar esses dados é a única maneira realmente eficaz de detectar uma fraude.

Sempre que você realizar o pagamento do boleto por um canal digital – como internet banking, aplicativo ou caixa eletrônico –, as informações do beneficiário devem ser exibidas na tela. Você deve conferir todos os dados apresentados pelo banco com muito cuidado antes de confirmar o pagamento.

Antes do registro obrigatório, era possível reconhecer alguns erros em documentos falsos mal elaborados

Hoje, como todos os documentos passam pelo registro, eles tendem a ser idênticos ou muito difíceis de distinguir. Mas é graças ao registro que você pode perceber a fraude.

Walter de Faria, diretor-adjunto de serviços da Febraban (Federação Brasileira de Bancos) reforça que o registro “traz todas as informações de quem é o pagador, o valor, se tem juros e multa”. Por essa razão, todos os dados apresentados na hora pagamento devem ser conferidos.

Quando um boleto é fraudado, o nome do beneficiário real pode ser diferente do que aparece no documento. Isso pode ajudar a identificar um boleto falso – mas só se você confirmar o beneficiário na hora do pagamento.

O que vale é a sempre a informação mostrada na hora do pagamento – e não o que está no documento impresso ou digital. Confira mais dicas para evitar fraudes com boletos:

Pague direto pelo internet banking ou app

No seu internet banking ou aplicativo, deve haver uma seção para o Débito Direto Autorizado (DDA).

Por meio do DDA, você pode pagar boletos registrados em seu CPF sem nem precisar do código de barra.

Essa é a sua maior arma para arma para se defender de boletos falsos. Boletos que não foram registrados em seu CPF não aparecem no DDA, o que evita diversas fraudes.

Quando você faz uma compra na internet, a loja deve registrar o boleto em seu CPF e o documento constará dire