Fale Conosco
  • location_on

    Rua amadeu roldan, 637

Deixe sua Mensagem






Você prefere ser atendido por email ou whatsapp?

Seus dados serão utilizados exclusivamente para análise previdenciária. Não repassaremos as informações a terceiros e nos comprometemos a não enviar Spam.

Divisão de herança entre irmãos: Veja como funciona

Divisao De Heranca Entre Irmaos Como Funciona - Escritório de Advocacia em São Paulo - SP | Macedo Advocacia - Divisão de herança entre irmãos: Veja como funciona

Descubra Como Funciona A Divisão De Herança Entre Irmãos, De Maneira Prática, E Esteja Bem Informado De Seus Direitos

Entenda quais são os seus direitos civis em caso de sucessão e garanta uma divisão de herança entre irmãos justa.

Quando falamos sobre divisão de herança entre irmãos, é preciso distinguir sobre qual perspectiva o assunto está sendo abordado:

  • Na visão dos irmãos da pessoa a quem pertenciam os bens; ou
  • Na visão dos filhos da pessoa a quem pertenciam os bens.

Sendo assim, neste artigo, abordaremos ambas as perspectivas, para que você possa sanar maiores dúvidas e questionamentos sobre esse tema.

Divisão de herança entre irmãos, sobre a visão dos filhos

Embora seja muito difícil lidar com a perda dos pais, é preciso saber como funciona o processo de partilha de bens entre os irmãos, pois, por mais delicado que seja este assunto, a tardia na resolução de todas as questões judiciais – que demandam muita burocracia – acaba por gerar muitas dores de cabeça – se não, no pior dos cenários, mais processos judiciais.

Dessa maneira, vamos entender os principais aspectos para que você possa garantir uma divisão de bens justa.

Partilha de bens

O processo de partilha de bens é definido pela divisão da herança da pessoa falecidas aos seus entes mais próximos.

Para que ele possa ocorrer legalmente, é necessário que se faça um inventário, com o levantamento de todas as propriedades da pessoa falecida.

O prazo para realização do inventário é de 60 dias após o seu falecimento, sendo que, após tal prazo, é devida uma multa de 10% sobre o imposto de transmissão dos bens.

As taxas para realização do inventário costumam assustar um pouco os herdeiros, no entanto, para que todas as dívidas da pessoa falecida sejam quitadas, bem como para ter acesso a seus bens, é extremamente necessária a abertura de um inventário.

Desse modo, podemos abordar duas modalidades de inventário: o extrajudicial e o judicial.

Extrajudicial

Caso: 

  • Todas as parte